COMO ANDA SUA TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ???

COMO ANDA SUA TRANSFORMAÇÃO DIGITAL ???

                               O título deste artigo é tão instigante tanto como será todo o conteúdo do mesmo. A intenção é propor uma reflexão ao leitor sobre as constantes evoluções tecnológicas e sociais que nos levam a necessitar de adaptações, adaptações que nem sempre conseguimos promover. É claro que não nos compete julgar valores culturais ou modos de pensar de cada indivíduo, aqui nos ateremos apenas a questões profissionais.

                        Antes de definirmos como refletir como sobre a TRANSFORMAÇÃO DIGITAL é interessante saber o que é isso e porque temos que passar por este processo. Pois bem, a TRANSFORMAÇÃO DIGITAL, em linhas gerais, é o salto dos meios mecânicos e manuais de realizar diversas atividades e tarefas (inclusive vender, comprar, contabilizar, investir e etc) para o meio DIGITAL (digital vem mesmo da ponta dos dedos + tecnologia, ou seja, com um toque você realiza uma infinidade de atividades e tarefas).

                        E é por isso que vem o encanto e a necessidade desta mudança, desta TRANSFORMAÇÃO. Na verdade, a digitalidade e a tecnologia só serão as ferramentas para a transformação do modo de encarar as relações e interações neste mundo moderno, e enxergando desta forma fica até mais fácil assimilar tais necessidades.

                        E porque fazer? Porque se não for feito meu negócio, minha fonte de renda, pode ficar obsoleta ou perder espaço para concorrência. Isto tem acontecido já com prestadores de serviços, com profissionais liberais, com varejistas e etc, onde um concorrente vem com transformação digital trazendo mais eficiência, qualidade, preço competitivo e etc, e acaba conquistando clientes daqueles que não conseguiram fazer a transformação (inclusive muitos destes tendo que fechar as portas), repito isso já acontece aos montes. Esse é o parágrafo mais forte do artigo, mas é a realidade e tem de ser dita.

                        E o que se ganha com isso? Uma infinidade de consequências positivas, talvez a maior delas será a possibilidade maior de sobrevivência no seu ramo de negócio e também uma melhor organização e gestão do seu negócio, além de mais eficiência, qualidade, preço competitivo e etc.

                        Analisando pelo prisma jurídico / contábil / tributário aqueles que optarem pela TRANSFORMAÇÃO DIGITAL terão na ponta de seus dedos e a frente de seus olhos todas informações necessárias atendimento as obrigações tributárias, contábeis, contratuais, trabalhistas e etc, e outras infinidades de possibilidades de melhor gestão de seus negócios e de sua vida. E imaginem, seus contadores, advogados, clientes, fornecedores e demais parceiros necessitarão da digitalização das suas atividades para continuarem a ter uma relação produtiva com você e sua atividade. É muito comum ouvirmos dos experts deste mundo digital que as novas gerações não terão mais tino para lidar com empresas que não estejam digitalizadas.

                        As dúvidas e resistências que muitos tem e que devem ser desmistificadas são:

  • Eu preciso? R. Como dito acima, precisa muito e com urgência;
  • Custa caro. R. Depende, hoje, até em função da TRANSFORMAÇÃO DIGITAL de várias empresas, o custo será de acordo com o porte de sua atividade. Existem vários sistemas e profissionais que irão prestar excelentes trabalhos por preços que caibam em seu orçamento;
  • Eu não entendo nada disso. R. Com dito no item anterior existem profissionais no mercado que podem prestar consultoria do A a Z, montando processos e procedimentos para que flua da forma mais tranquila e ordenada possível. É claro que exige engajamento e vontade de todos, inclusive dos líderes;
  • O que fazer? R. Não é uma resposta simples, depende de análise de sua atividade, mas em tese é deixar de lado a mecanicidade de suas operações e passar para digitalidade, utilizando para isso vários meios como sistemas de integração ERP, CRM e etc, redes sociais, vendas on line, marketing digital e uma infinita variedade de ferramentas digitais. Uma dica simples é conversar com alguém que já está passando por esta transformação, procurar indicação de um consultor e daí para planejar esta transformação dentro de suas possibilidades.

                       Por fim, A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL deve ser encarada como novas oportunidades, novas ideias, modernização, tudo ao seu tempo, tudo planejado, tudo bem elaborado, tudo estudado, só uma coisa não pode deixar de fazer – não fazer a TRANSFORMAÇÃO DIGITAL.

                        E é isso que todas as grandes empresas pré internet estão tentando fazer e tudo o que as grandes empresas pós internet fizeram e que deu muito certo.

Por Lucas Elias Temer – CRC/MG n. 114.846 e OAB/MG n. 99.627

Tiago Pena Lacerda – OAB/MG n. 152.511

Acesse nossas redes sociais:

https://www.linkedin.com/in/temer-e-lacerda-advogados-134a41187/

https://www.instagram.com/temer_e_lacerda_adv/

https://www.facebook.com/temerelacerdaadv/

https://www.youtube.com/channel/UChugIiuugVlmUZN-mfq3tAw?view_as=subscriber

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.